Teco manda notícias!!

25 jul

Este slideshow necessita de JavaScript.

Olá, pessoal da SOZED, eu sou o Teco, lembram de mim?

Estou escrevendo para relembrar a minha história e contar como estou feliz!!

Cheguei na SOZED adolescente, talvez 2003, não me lembro mais ao certo. Eu estava num sítio em Mauá, com tumor venéreo (ah, adolescência…), então vim fazer o tratamento aqui na sede e fiquei por aqui.
A Tia Júlia, voluntária da SOZED, sempre acreditou que eu merecia um lar de verdade, nunca desistiu de mim, por mais que a situação estivesse ficando cada vez mais restrita dado o perfil de adoção preferido (filhotes fofinhos). Até que, em 2009, apareceu um casal de voluntários novos, que sentiam falta do amor que só um animal de estimação pode dar. Começaram a participar dos passeios no Parcão, a tia Letícia me levava, junto com o João, Maria e Sendas!!! Eram tão bons esses momentos de liberdade!!! Quando tinha mais carros, iam também a Kika e Kuka, a Tetê e a Sorte, hoje, todos estão adotados, com exceção da Tetê, que está em Petrópolis com o pessoal do Garra, verdadeiros guerreiros mesmo! Voltando aos passeios: eu ficava lá, só cheirando cada cantinho do Parcão, colocando a minha marquinha, às vezes saía só duas gotinhas mas eu precisava espalhar bem para todos perceberem que ali passou o Teco! E jogava areia pelos ares!!! Não sabia, mas com esse meu jeitinho desencanado, nada exigente, estava conquistando o coraçãozinho do papai… O da mãe é muito mole, facinho, facinho de conquistar, todos meus amiguinhos da SOZED conquistaram um pedacinho do dela.
Fui levando a minha vida pacata, até que um dia, na certeza que seria só mais um passeio no Parcão, veio a tia Letícia me buscar. Eu iria sozinho? Isso era estranho, mas passear é sempre tão bom que estava todo todo! Aquele casal estava junto e estranhamente me levaram fazer uma coisa mais estranha ainda: banho em pet shop!  Que bizarro… Vi que a tia Letícia estava mais emocionada que o normal…
Então, dia 28 de maio de 2010, à tarde, a vida tomou um novo significado para mim. Depois de 7 anos esperando por um lar, depois de participar de incontáveis feirinhas de adoção, depois de ter sido escolhido no site e preterido pessoalmente por ser muito grande (?!), finalmente eu descobri o que significava ter um lar! Agora tinha um! Cama, comida e roupa lavada! Além de direito a muitos mimos, como biscoitos (que eu adoro, principalmente os de chocolate para cachorro), palitos, ossinhos, cafuné e passeios! E como gosto de passear!!!

Quando tudo parecia um sonho, veio uma dor muito forte, forte demais! Gani alto ao chegar de um dos meus passeios no aterro (sim, eu fazia dois passeios diários, um deles sempre era no aterro, enquanto morei no Rio). Fui levado ao vet e depois de alguns exames foi constatado que eu estava com um tumor no baço… Logo agora??? Poxa… Mas graças ao atendimento rápido (mais uma vez, meus anjinhos da guarda estavam ao meu lado, me apoiando, as tias Letícia e Júlia, a tia Letícia me levou e me buscou, pois não podia nem andar pelo risco de romper meu baço, já a tia Júlia ficou ao meu lado durante toda a cirurgia, me acompanhou de pertinho, você não imagina como eu e a mamãe ficamos mais tranquilos assim) eu me recuperei e ficou constatado que o tumor era benigno!!!! Estou curado!!!!
Uma vez fui para Jundiaí, quando eles foram passear, adoro cheirar árvores nunca cheiradas e me divertia muito nas paradas que eles faziam! Eles paravam a cada duas, três horas para eu andar um pouquinho. E lá em Jundiaí eu tinha irmãos de coração, que me aceitaram tão bem! São a Meg e o Frank.
Depois, no final do ano passado, meus pais se mudaram para lá e me levaram de vez para Jundiaí. Agora, todas as datas festivas a gente é obrigado a pagar mico. Acredita que no Natal a gente foi obrigado a usar um colar de duende? E pior ainda foi na Páscoa, a gente se fantasiou de coelhinho! O que a gente não faz para agradar esses dois, aliás, a mamãe…
Aqui não existem parques que aceitem cães, dá para acreditar nisso? Parece que quem suja os lugares é a gente, eles não percebem que sujas são as pessoas que não recolhem. Mais fácil proibir do que educar, infelizmente. Mas meus pais dão um jeitinho e sempre arrumam uns lugares cheios de árvores para eu me refastelar e espalhar meu cheirinho por aqui também! Esse final de semana estivemos na Serra do Japi, minha irmã Meg não foi, ela fica muito agitada nos passeios, às vezes até se machuca e como não somos mais nenhuma criança, mamãe limita as explorações dela. Ela fica sob os cuidados da vovó enquanto passeamos. Aliás, todos os domingos a gente vai até a casa dela almoçar. É até engraçado, ela faz comida para pessoas e para nós, hahahá!!! Quando chegamos lá, a primeira coisa que eu faço é marcar as plantinhas, a Meg vai verificar se está tudo certo com a casa e o Frank vai atacar o pote de guloseimas, que lá fica ao lado da água e tem uma fonte mágica de bifinhos e palitos. A gente pega aos montes e nunca acaba, não entendo… Na hora da comida, já estamos até cansados de tanto comer, mas como negar um apetitoso frango com arroz?
Tios da SOZED, essa tem sido a minha difícil vida de cachorro. Aliás, tem mais, às vezes sentia muita dor aos movimentos, aconteceu uma vez no RJ e outra aqui, a mamãe acabou descobrindo que eu tenho dois discos intervertebrais muito comprometidos… Acho que era o meu jeitinho de saltar do canil para os minutos de liberdade, durante a limpeza… Foram sete anos fazendo isso. Comecei a fazer acupuntura em janeiro e até agora não tive mais crises!!! Mesmo com o frio de CINCO graus que fez aqui na semana passada! Me lembrei dos tempos de Mauá e até gostei!!!
Queria aproveitar para dizer à Maria, Úrsula, Kátia (sei que não está mais na SOZED, mas não esqueço dela), Hilda e demais voluntários que sempre tentavam fazer o meu dia melhor, que todo o esforço de vocês valeu a pena!
Às tias Júlia e Letícia, muitas, muitas, muitas lambidas porque eu nunca vou esquecer de vocês, o lugar que vocês tem no meu coração é enorme e tenho certeza que, quando puderem, vão vir aqui para eu poder dar as lambidas que tanto quero pessoalmente! Tenho muitas saudades de vocês!! Eu nunca vou esquecer daqueles que estiveram ao meu lado nos momentos mais difíceis da minha vida…
Tia Letícia, manda lembranças minhas ao Minhocão Sendas, sei que a sorte sorriu para ele, que está agora com você e também tem uma irmãzinha! Ele foi o meu melhor amigo no Rio, a gente dividia o banco de trás do seu carro, competindo quem se esfregava e babava mais!!! Mas ele sempre ganhava… Um verdadeiro campeão!!!!
Eu amo muito todos vocês!!! E vou colocar um monte de fotos, para vocês verem como estou, inclusive os micos do Natal, Páscoa e até da festa junina… Mas é proibido rir!!!!
Michely, a mamãe acompanha a suas peripécias pelos animais e torce muito para que você continue com toda essa energia por muitos anos! Vocês faz muitos irmãozinhos muito felizes aí  na SOZED! Você pode acreditar em mim, eles nunca, jamais vão esquecer do que você está fazendo por eles, pois eu nunca esqueci o que vocês fizeram por mim!
Lambidas a todos! Agora tenho que parar, está na hora de conferir se meu cheirinho continua dominando o pedaço por aqui!
Com muito carinho,
Teco
Anúncios

6 Respostas to “Teco manda notícias!!”

  1. sueli pietro quinta-feira, 26 julho, 2012 às 10:49 #

    Fiquei emocionada com a história de teco, torço para que muitos outros tenham a mesma sorte, com amor e carinho.

  2. Gisela quarta-feira, 25 julho, 2012 às 23:54 #

    Que lindo!!!! Que bom saber disso!!! Em 2008 passeei em uma feira no Méier com o Teco e o Fred. Tenho fotos deles até hoje e fiquei muito feliz em saber da adoção!!! E mais ainda de ver o quanto ele é amado!! Todo cachorro merece ser amado assim!!! Chorei muito lendo isso mas de felicidade e de emoção de ver esse final feliz!!!
    Nesse passeio também estava a Princesa que vejo até hoje lá na Sozed… queria um final feliz assim para ela. Vcs tem notícia do Fred???
    Um grande abraço e muitas felicidades para esse casal bacana e para todos que se dedicam a fazer esses anjinhos felizes!!!

    • sozed - Sociedade Zóofila Educativa sexta-feira, 27 julho, 2012 às 0:22 #

      Que fred Gisela?? Um branco e preto que ficava no canil de cima?? tipo poodle??

  3. cristiana quarta-feira, 25 julho, 2012 às 22:45 #

    Nossa, estou me afogando de tanto chorar. E o melhor é que é de felicidade. Parabéns a esse casal de bom coração e uma vida longa e saudável a todos vcs (humanos e anjos de 4 patas)!!! 😉

    • Julia sexta-feira, 27 julho, 2012 às 19:43 #

      ah gente, eu nunca tinha lido isso!!!!!!!! AMEI demais!!!! Tequinho é um super querido… sou louca por ele!!! Sempre corri muito atras de uma familia maravilhosa e eu mesma ja elouqueci meus pais de tanta vontade de adota-lo. Mas nada é por acaso!!! Hoje ele tem a melhor familia possivel!!!! Vlad e Vivi, vcs sao o maximo e estao fazendo muita falta por aqui!!!! Adoro demais vcs 3!! toda felicidade do mundo!!! :))))))))))))))))

      bjao
      Tijua Ju

      • Julia sexta-feira, 27 julho, 2012 às 19:44 #

        Esse fred era um fofo de pelo duro, parecia um scott nao é Gi??? ja era adulto, meia idade… foi adotado tb!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: